Category Archives: Maitê Proença

Maitê Proença – Como uma moreninha pode ter uns miolos loirinhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ontem, quando deambulava pela sala, na esperança de ouvir alguma notícia interessante, a minha atenção é arrebatada por uma notícia estrondosa:

Maitê Proença, resolveu colorir os miolos de loiro e para se estrear resolveu fazer este vídeo.

Não tenho dúvidas que marcou a diferença, em especial conseguiu diferenciar-se das pessoas inteligentes.

Eu até gosto da Maitê, desde o tempo em que começaram a aparecer aquelas telenovelas, onde o pessoal se conhece todo, no meio de um enredo, com umas historinhas sem nexo, já nesse tempo gostava da Maitêzinha, personagem principal destas novelas de cordel.

Enfim, parecia uma rapariguinha jeitosinhascifinewscinemaano1numero11novembro2000 por fora e, isso lá fazia com que eu arregalasse os olhos, talvez por isso nunca tenha ligado pêva às histórias das novelas!

Da Maitê, ainda fiquei com uma ideia, agora das novelas, infelizmente, não!

Pronto, a Piquena, até que era bem

(h)umorada…

Também compreendo, se se faz tanta porcaria nas novelas do Brasil, porque não teria direito a Maitêzinha a fazer a sua borradinha.

Pois foi o que aconteceu, nesta estreia mundial, como realizadora de vídeos caseiros.

Só não compreendo é a comparação com os “Gato Fedorento”, do que sei, este grupo de rapazes costuma fazer humor inteligente.

Aquele tipo humor que nós, por estas partes do Atlântico, tanto apreciamos!

Mas como o Atlântico, deve ser um rio com duas margens, estou em acreditar, que a Maitêzinha se enganou na margem e, andou a filmar as paisagens erradas…

São coisas que acontecem a quem não esteve sob a alçada da Lei da Escolaridade Obrigatória, que agora vai até aos 18 aninhos.

Mas como eu compreendo a Maitêzinha…É tão fácil confundir as coisas…quando a escola, não deve ter  passado de um momento de distracção na sua vida!

Aliás conheço cá, muita rapaziada, que lhe ensinaria bons truques, de como andar na escola, sem ir às aulas.

Pois é Maitêzinha, eu posso compreender que tenha confundido as margens do “rio”, compreendo que nem tenha dado pela diferença na língua que falamos, mas Maitêzinha, nós aqui ainda não confundimos “ação” com “acção” e preferimos Humor a “umores”….

Ulisses Neves Pinto

Anúncios